Lentes de Contato: é possível usa-las de forma segura?

As lentes de contato são uma alternativa para pacientes com erros refracionais, tais como miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia, que têm o desejo de ter independência em relação aos óculos, seja por questões estéticas, seja por má adaptação ao uso dos óculos. Em alguns casos, como nos altos erros refracionais, elas podem permitir até melhor qualidade visual em relação aos óculos. Além disso, em algumas patologias oculares as lentes de contato podem atuar de forma terapêutica. 

Mas é possível utilizar as lentes de contato de forma segura? O artigo abaixo aborda os principais cuidados que devemos ter para maior segurança no uso das lentes de contato. 

Como usar as lentes de contato? 

O primeiro passo será a higienização das mãos sempre antes de manipular as lentes de contato, seja em sua colocação ou retirada. Utilize de preferencia sabão neutro e bactericida, exangue com água corrente, e seque bem as mãos antes da manipulação. Após isso, deve-se colocar a lente na palma da mão e aplicar produto de limpeza especifico para higiene da lente de contato (solução multipropósito), realizando movimentos circulares com o dedo indicador para auxiliar a limpeza da lente e remoção de possíveis resíduos que estejam em sua superfície. Após a limpeza da lente, enxágue-a com o mesmo produto, JAMAIS utilizando água corrente ou soro fisiológico para este fim. 

Após a completa higienização da lente, é importante checar se ela está na posição adequada, e fazemos isto observando suas bordas sob a palma de nossa mão. Caso as bordas estejam abertas, isto indica posição incorreta, conforme ilustra a figura abaixo.

Referência: Tatiana Pankova. Getty Images/ iStockphot

Por fim, é hora de posicionar as lentes na córnea. Para isso, recomenda-se colocar a lente sobre ponta do dedo indicador e tracionar a pálpebra inferior para baixo, enquanto se olha para cima ou para um dos lados para, desta maneira, colocar de forma suave e com cuidado a lente nos olhos. Em seguida, deve-se piscar e verificar no espelho se a lente está bem adaptada à superfície ocular. 

Agora que você já sabe como manusear as lentes de contato, vamos para alguns cuidados cruciais que todos os usuários devem ter: 

Nunca dormir utilizando as lentes de contato 

Cuidado muito simples e necessário a todos os usuários de lentes de contato: devemos retirá-las todos os dias antes de dormir. A córnea é uma estrutura avascular, isto é, não possui vascularização própria e, por isso, precisa receber oxigênio do meio externo para manter a oxigenação ideal do tecido. Sendo assim, não devemos dormir com as lentes para evitar hipóxia do epitélio corneano. Sabe-se que a hipóxia tecidual associada ao uso prolongado de lentes de contato é fator de risco para infecções oculares, como a infecção por Acanthamoeba, um quadro grave e com risco de perda visual permanente1. Assim sendo, idealmente o uso de lente de contato deve ser inferior a 16 horas diárias. 

Respeite o prazo de validade da lentes de contato 

Existem lentes de contato de descarte diário, quinzenal, mensal, etc. Sendo assim, é importante respeitar o tempo de uso da lente de contato determinado pelo fabricante. Lentes de contato de descarte diário devem ser utilizadas por apenas um dia e, ao final deste, descartadas, não sendo recomendado reservá-las em estojo ou higienizá-las com solução multipropósito. Já as lentes de contato de descarte quinzenal, mensal e etc., devem ser utilizadas pelo prazo máximo estabelecido pelo fabricantes. Lentes mensais devem ser trocadas, por exemplo, 30 dias após o inicio do uso, mesmo havendo sido pouco utilizadas. 

Lavar as mãos antes de tiras e colocar as lentes. 

Nossas mãos são consideradas veículos de potenciais agentes infecciosos, sejam eles bactérias, v´rus, protozoários e até mesmo fungos. Sendo assim, para manter uma saúde ocular em dia durante o uso das lentes de contato, devemos sempre higienizar as mãos com sabão neutro, realizar limpeza entre os dedos e base das unhas, enxaguar em água corrente e secar bem com uma toalha limpa. Além de patógenos, as mãos podem também ser veículos de pequenas partículas que, em contato com as lentes, podem causar lesões oculares. 

Realizar a limpeza das lentes com solução adequada 

Há no mercado algumas opções de soluções para limpeza adequada das lentes de contato (soluções multipropósito). Sendo assim, recomenda-se a limpeza das lentes de contato sempre antes e após o uso das mesmas. É importante o uso de solução oftalmológica própria, sendo o soro fisiológico não recomendado, pois além de não realizar limpeza adequada, pode ser veículo de infecções potencialmente graves. As soluções multiproprósito são importantes para higienizar 

as lentes contra eventuais patógenos, além de remover resíduos e impurezas. O médico poderá orientar sobre as melhores opções para cada caso durante a consulta oftalmológica. 

Limpar diariamente o estojo de armazenamento da lente 

Alem da higienização das lentes de contato, é importante realizar a limpeza diária do estojo que acondiciona a lente para se prevenir infecções. Então, logo pela manhã, após retirar a lentes de contato do estojo e realizar a limpeza da mesma para colocar nos olhos, deve-se fazer a limpeza do estojo com a mesma solução utilizada para higienizar as lentes. Após, deve-se deixá-lo secar de forma natural durante o dia, sem uso de papel ou toalha. Ao final do dia, após a retirada e higienização das lentes, recomenda-se acondicioná-las dentro do estojo limpo e encobri-las com a solução oftalmológica própria para limpeza das lentes, mantendo-as submersas neste líquido durante toda a noite. 

Evitar coçar os olhos 

O ato de coçar os olhos é contra-indicado com ou sem o uso de lentes de contato. No entanto, durante o uso delas, pode lesionar a córnea e propiciar lesões mais graves como úlceras. Além disso, levar as mãos aos olhos pode levar microorganismos que podem contaminar a superfície ocular. 

Se mesmo com todos esses cuidados você tiver algum sintoma ocular com o uso de lentes de contato, seja olho vermelho, irritação ocular, dor ou até mesmo embaçamento da visão, é importante marcar uma consulta oftalmológica para avaliação do seu caso. Se ficou alguma dúvida sobre o tema, fique à vontade para entrar em contato conosco. Será um prazer ajudar! 

Referências 

1. Donzis PB, Mondino BJ, Weissman BA, Bruckner DA. Microbial analysis of contact lens care systems contaminated with Acanthamoeba. Am J Ophthalmol 1989;108:53-6.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.